Material escolar: levar ou não levar os filhos na hora da compra?

Seu filho já pode usar o caderno inteligente, diretora do Colégio Vila explica e orienta os pais

No momento em que os pais se preparam para o início do ano letivo e a lista de material escolar se torna uma prioridade, surge a grande dúvida: levar ou não levar os filhos para comprar os materiais?

A resposta pode ser mais significativa do que se imagina, pois está intrinsecamente ligada à promoção da Educação Financeira desde os anos iniciais. Por isso, conversamos com a diretora do Colégio Vila, Fabiana Sena, que separou dicas e orientações aos pais para esse momento.

Desenvolvimento de habilidades financeiras:

Fabiana explica que incluir os filhos nas decisões de compra dos materiais escolares oferece uma oportunidade única de desenvolver habilidades financeiras essenciais desde os anos iniciais. “Entender o valor do dinheiro, fazer escolhas conscientes e gerenciar um orçamento são habilidades que devem ser cultivadas desde cedo”.

A diretora também ressalta que permitir que as crianças participem desse processo as ensina também sobre responsabilidade financeira, pois ao escolherem entre opções e considerarem orçamentos, os pequenos e os adolescentes começam a compreender as consequências de suas escolhas financeiras. “Nesse momento, os pais precisam ser bem específicos sobre quais alternativas as crianças têm e as possíveis trocas que podem ser feitas para atender ao gosto do filho e ao bolso dos pais”.

As papelarias estão abastecidas de opções

O abastecimento das papelarias começa desde o ano anterior para que, em janeiro, época mais promissora do setor, tudo esteja pronto para capturar a atenção das crianças. Estojos personalizados, lápis decorados, cadernos temáticos, borrachas divertidas, réguas coloridas, canetas e lápis diferenciados, adesivos coloridos, agendas interativas, mochilas de personagens, marcadores de texto e diversos outros itens chamam a atenção.

“A papelaria é um atrativo não apenas aos alunos, mas muitos pais se encantam e podem acabar comprando itens que não estão de acordo com a idade e a necessidade do aluno. Estamos na febre do caderno inteligente, por exemplo, mas esse caderno não é recomendado no ensino infantil e fundamental, pois as folhas podem facilmente serem perdidas. Ainda para o aluno do ensino médio, esse tipo de caderno deve ser usado por aqueles que são mais organizados com os materiais escolares para evitar problemas futuros”, explica Fabiana Sena.

Por isso, levar ou não levar as crianças na hora da compra é uma atitude que deve ser analisada e conversada antes de sair de casa, compreendendo o valor a ser gasto, as reais necessidades da criança e algum mimo ou outro também pode ser feito para estimular o gosto pela educação, mas sempre ponderando a fase escolar e o entendimento sobre educação financeira”, orienta.  

Reportagem: Taynara Aires

Gostou do conteúdo? Compartilhe com outras pessoas!

Veja outras matérias do Blog Vila

Unidade Tambaú

Av. Pres. Epitácio Pessoa, 4657, Tambaú, João Pessoa

Unidade Sul

Rua Antônio Targino Pessoa da Silveira, 579, Jd. Cidade Universitária, João Pessoa

Unidade Bessa

R. Francisco Leocádio Ribeiro Coutinho, 180, Aeroclube, João Pessoa 

Fale agora com o Colégio Vila
Copyright © 2023 - Todos os Direitos Reservados

(83) 3508-7311 ​

Seja bem-vindo : )

Preencha os campos abaixo e clique no botão para falar agora com nosso atendimento.